Questões de Legislação do SUS

1. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) Em outubro de 2008, a Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) promoveu a Semana do Sorriso Saudável com uma programação abrangente que reuniu alunos de várias escolas e comunidades da Capital e interior do Estado, onde foi divulgada a necessidade de se zelar pela saúde bucal. As atividades da semana contaram ainda com a participação de entidades como o SESC, a Polícia Militar, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), diversos hospitais e o Sindicato dos Dentistas. Esta iniciativa agrega dois princípios das ações do Sistema Único de Saúde (SUS), a saber:

A) universalidade e hierarquização;

B) equidade e controle social;

C) descentralização e gratuidade;

D) integralidade e intersetorialidade;

E) equidade e regionalização.

 

2. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) À direção municipal do Sistema Único de Saúde, compete:

 

A) a execução de serviços de saúde do trabalhador;

B) a vigilância sanitária de portos e aeroportos;

C) a coordenação da rede de laboratórios de saúde pública e hemocentros;

D) o financiamento pleno dos recursos para o setor de saúde local;

E) a formulação de políticas de alimentação e nutrição.

 

3. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) Das estratégias propostas pelo governo federal, aquela que tem o financiamento previsto no componente variável do Piso da Atenção Básica (PAB) é:

 

A) agentes comunitários de saúde;

B) farmácia popular;

C) educação permanente;

D) vigilância em saúde;

E) bolsa família.

 

4. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) O SUS conta, em cada esfera do governo, sem prejuízo das funções do Poder Legislativo, com as seguintes instâncias colegiadas:

 

A) Conferência de Saúde e Comissão Gestora de Saúde;

B) Conferência de Saúde e Conselho de Saúde;

C) Conselho de Saúde e Assembléia Deliberativa de Usuários;

D) Conferência de Saúde e Assembléia Deliberativa de Usuários;

E) Conselho de Saúde e Comissão Gestora de Saúde.

 

5. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) O Pacto pela Vida é o compromisso entre os gestores do Sistema Único de Saúde em torno de prioridades que apresentam impacto sobre a situação de saúde da população brasileira. Estão entre as prioridades pactuadas, EXCETO:

 

A) saúde do idoso;

B) fortalecimento da atenção básica;

C) redução da mortalidade infantil e materna;

D) promoção da saúde;

E) controle do câncer de colorretal.

 

6. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) Segundo a Lei nº. 8.080/90, a execução dos serviços de Vigilância Epidemiológica é de competência:

 

A) do Ministério da Saúde, com colaboração do Ministério do Meio Ambiente;

B) da Fundação Nacional de Saúde e das Secretarias Estaduais de Saúde;

C) da Direção Municipal e, em caráter complementar, da Direção Estadual do SUS;

D) das Secretarias Municipais de Saúde e da iniciativa privada;

E) de Fundações e Sociedades Beneficentes.

 

7. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) A Lei nº. 8.142/90 estabelece que a Conferência Estadual de Saúde terá como um dos seus objetivos:

 

A) estabelecer critérios e valores para a remuneração de serviços de saúde;

B) aprovar parâmetros de cobertura assistencial;

C) propor as diretrizes para a formulação da política de saúde estadual;

D) deliberar sobre o cronograma financeiro para os distritos sanitários;

E) aprovar o plano plurianual de assistência.

 

8. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) Os recursos destinados ao custeio de transplantes são pagos através:

 

A) do Piso Assistencial Básico (PAB) variável;

B) do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC);

C) da Autorização de Procedimento de Alto Custo (APAC);

D) do Piso Estadual de Vigilância Sanitária (PEVISA);

E) da Fração Assistencial Especializada (FAE).

 

9. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) Entre as características da organização do Programa de Saúde da Família (PSF) encontra-se:

 

A) priorização de ações curativas;

B) ampliação da necessidade de leitos hospitalares;

C) funcionamento baseado na demanda espontânea;

D) ausência de encaminhamento para consultas especializadas;

E) cadastramento de famílias com adscrição de clientela.

 

10. (FUNCAB-2009/SESAU-RO/ECONOMISTA) A implantação de um sistema de referência e contrarreferência entre os serviços que compõem a rede do SUS local busca viabilizar:

 

A) a integração com outros setores da economia;

B) a conjugação de recursos financeiros e tecnológicos;

C) a preservação da autonomia das pessoas;

D) a hierarquização da rede de serviços de saúde;

E) a participação da comunidade.

 

About these ads

Deixe um comentário

Arquivado em Questões Recentes de Concursos Públicos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s